Movimento Conservador realiza ação social para socorrer moradores de Aparecida

Por conta de pandemia e das restrições sanitárias decretadas pelo governo do estado de São Paulo, 80% da população daquela região está desempregada e em situação de vulnerabilidade

São Paulo (DINO) 4/1/2021

Após a entrevista do prefeito de Aparecida, Luiz Carlos de Siqueira, concedida ao programa ‘Opinião no Ar’, o Movimento Conservador iniciou a campanha.

A ONG Movimento Conservador, que tem com um de seus líderes o deputado paulista Douglas Garcia, promoveu uma ação social para arrecadar alimentos e socorrer a cidade de Aparecida do Norte, no interior paulista. A região, conhecida por abrigar a basílica da padroeira do Brasil, Nossa Senhora de Aparecida, está em situação precária e de muita vulnerabilidade.

"Após a entrevista do prefeito de Aparecida, Luiz Carlos de Siqueira, concedida ao programa ‘Opinião no Ar’, o Movimento Conservador iniciou uma campanha de arrecadação de alimentos em várias cidades onde a organização está presente. Com a ajuda do amigo Otávio Fakoury em disponibilizar um galpão na região central da capital, facilitando a logística, conseguimos em tempo recorde receber doações para atender 1.500 famílias. Fora isso, a iniciativa acabou mobilizando outros grupos e até o Governo Federal, por meio da Ceagesp, e alcançando, inclusive, a primeira-dama, Michele Bolsonaro, que entregou 2.500 cestas básicas em Aparecida. O Movimento Conservador tem o compromisso de ser um braço forte para as famílias quando sempre precisarem", afirma Edson Salomão, fundador e presidente da ONG.

Ajustado com a proposta do Movimento Conservador em levar um pouco de alento ao povo de Aparecida, o empresário Otávio Fakhoury cedeu um de seus galpões, na região do Brás, na capital paulista, para armazenar os alimentos arrecadados com segurança até serem despachados para aquela cidade.

"Foi uma grande honra para mim poder colaborar com essa iniciativa caridosa, filantrópica e principalmente patriótica do Movimento Conservador. Estender a mão e ajudar essas famílias que estão sendo subjugadas pela tirania de governantes que não se preocupam com a vida e o com o bem-estar de seus governados. Quando tenho essa certeza, meu coração aperta mais em ver essas pessoas passando necessidade. Elas querem trabalhar e ter a sua dignidade restaurada, mas estão sendo privadas desses direitos", declara Fakhoury.

Segundo o prefeito de Aparecida, Luiz Carlos de Siqueira, mais conhecido Periquito (Podemos), o lockdown promovido pelo Governo do Estado de São Paulo agravou a situação de desemprego e vulnerabilidade da população. "Hoje, Aparecida tem 80% de desemprego. A cidade está em estado de subjugamento."

A Campanha montou postos de coleta na capital paulista, cidades do interior e também no litoral - São José dos Campos e Região, Jacareí e Caraguatatuba são algumas delas. A iniciativa arrecadou 15 mil cestas básicas e contou com o apoio do Governo Federal.

"Um dos valores mais importantes para um cristão é a caridade. É estender a mão e lutar para que o seu próximo tenha o mínimo de dignidade, que não falte o básico, para que ele possa, inclusive, exercer o próprio direito de trabalhar. Direito de buscar os meios de sobrevivência para si e sua família, finaliza o Fakhoury.


Website: https://www.facebook.com/oofaka

Informações de contato