x

MGTI abre inscrições para o Programa de Stanford 2016

O lançamento do Programa de Stanford e a abertura das inscrições aconteceram na terça-feira, 17/5, no auditório do MGTI. O público de empresários e empreendedores, que lotou o auditório do MGTI, conheceu a agenda, a estrutura, a metodologia, os professores e todos os detalhes do programa.

Belo Horizonte, MG (DINO) 19/05/2016

“quando você diz a um cliente, principalmente um cliente grande, que sua metodologia foi testada em Stanford, ninguém questiona mais nada”.

A edição 2016 do Programa de Inovação e Empreendedorismo de Stanford já está acontecendo. A abertura aconteceu na terça-feira, 17/5, no auditório do MGTI. Os presidentes da Assespro-MG, Marcelo Ladeira, da Fumsoft, Leonardo Fares, e o coordenador do programa no Brasil, Wilson Caldeira, abriram a apresentação. Esta é uma das iniciativas do MGTI, um grande programa de fomento da TI mineira, que une as quatro entidades que representam o setor, Assespro-MG, Fumsoft, SINDINFOR e Sucesu Minas.

As inscrições, abertas no lançamento, deverão ser confirmadas até 30/6. Como na primeira edição do programa, em 2014, 25 empresas, com dois participantes cada uma, terão a oportunidade de aprender empreendedorismo no melhor ambiente voltado para esta cultura. Os experientes professores do Centro de Desenvolvimento Empresarial de Stanford trabalham com uma metodologia que realiza uma imersão nos conceitos de inovação e posicionamento de produto voltado para o mercado. Isto leva a uma nova visão de negócio.

O presidente da Assespro-MG, Marcello Caldeira, que participou da turma de Stanford em 2014, disse aos presentes no lançamento que vivenciar o programa de Stanford, “foi muito positivo, acredito que todos nós crescemos”. Leonardo Fares, presidente da Fumsoft, lembrou que “a Universidade de Stanford está acreditando em nosso esforço e, pela primeira vez, traz seu programa para a América Latina, pelo Brasil”. O coordenador Wilson Caldeira comentou que a equipe da universidade do Vale do Silício, “é o ícone da inovação”, e que “eles acreditam que empreendedorismo é fazer acontecer”.

O diretor de Negócios Internacionais da Fumsoft, Leonardo Dicker, que também participou do evento, acredita que o programa, “é um dos pontos altos de qualquer startup ou empresa com projeto global de venda, mercado e internacionalização”, e lembrou que, “o Vale do Silício existe por causa de Stanford, e Stanford existe por causa do Vale, é uma simbiose absurda”. Mas não só os organizadores deixaram sua impressão, participantes da turma de 2014 também deram seu recado.

Mônica Hauck, da Solides, contou aos participantes do lançamento que, após participar da primeira turma do programa, em 2014, sua empresa foi listada entre as 100 mais atraentes para se investir, em 2015. Ela disse ainda que, “quando você diz a um cliente, principalmente um cliente grande, que sua metodologia foi testada em Stanford, ninguém questiona mais nada”.

Lembrando de sua experiência, Daniel Costa, da Take.Net, falou que, “a aula em Stanford é mais leve que os pitchs que as empresas precisam apresentar”, e comentou ainda que, “eles possuem a mentalidade que a gente precisa para chegar ao mercado em um outro patamar”.

Para aqueles que participarem da turma de 2016, o coordenador brasileiro do programa, Wilson Caldeira, informou que “haverá webinars ao vivo em 28/9, 11/10 e 26/10; um curso online de 29/9 a 28/10; e a semana presencial do programa, em Stanford, entre 31/10 e 04/11”. Novas apresentações do Programa de Inovação e Empreendedorismo da Universidade de Stanford acontecerão online, a partir das instalações do Uaitec BH, para várias regiões de Minas Gerais, em 19/5; no coworking Cubo, em São Paulo, em 20/5; e em Juiz de Fora, no Critt da UFJF, em 08/6.

Os interessados em levar sua empresa, startup, ou ideia consolidada de negócio, podem se inscrever no endereço bit.ly/MGTI_STANFORD_2016; e outras informações são obtidas pelo email stanford@mgti.org.br ou pelo telefone (31) 3194-7658.
Informações de contato

Jaqueline Soares

Email

(31) 3194-7650