x

A onda dos "Plex": mitos e verdades por um especialista em loiras

Como os produtos da nova categoria "Plex" podem ajudar os profissionais e suas clientes e quais os cuidados tomar na hora de escolher o seu preferido.

São Paulo, SP (DINO) 4/25/2016

Loiras mais bem tratadas e fios mais volumosos e saudáveis. Essa é uma revolução na indústria cosmética e acredito que em alguns anos (ou meses?) estará ao alcance de todas mulheres.


O sonho de toda loira, ou 9 em cada 10 loiras, é chegar a um tom super claro sem perder em saúde dos fios, certo? Com base nessa expectativa várias empresas de produtos profissionais estão entrando na onda dos produtos Plex, iniciada pelo já conhecido dos salões Olaplex.

O produto promete que, por meio de seus componentes químicos, consegue agir mais rápido que o oxigênio da água oxigenada. Então, teoricamente, quando o oxigênio vai "quebrar" as pontes do cabelo saudável o produto barra essa destruição.

Os produtos afirmam não mudar o tempo de abertura dos tons, mas o tempo para checar em tons mais claros acaba sendo em média o dobro do normal. Na realidade, o que acontece é que, como o produto evita os danos comuns de uma descoloração, um processo que precisaria ser feito em dois dias para garantir a saúde do cabelo, por exemplo, pode ser feito em somente um. Porém, por formar uma proteção nos cabelos o produto acaba deixando o processo de abertura dos tons um pouco mais lento, exatamente para causar menos danos. (O que não deixa de ser positivo no cenário final).

A desvantagem do produto é seu custo elevado. É difícil convencer as clientes de pagar até ou mais de 350 reais a mais no processo todo das luzes para ter o cabelo mais saudável. Muitas vezes elas preferem tentar recuperá-los depois, como já estão habituadas a fazer.

Por isso, os produtos que vem entrando no mercado brasileiro, produzidos por indústrias locais ou importados em larga escala, podem ser uma solução, pois oferecem melhor custo x benefício, além de serem vendidos em reais e não em dólares – já que a alta do dólar diminuiu as viagens e importações.

Os profissionais só precisam ficar atentos a alguns pontos, ainda mais com essa popularização dos Plex: o produto não trata um cabelo já danificado; não é qualquer cabelo que será beneficiado, ou melhor, não danificado pelo produto e, como sempre, não há milagres, ou o colorista sabe o que está fazendo, conhece as técnicas e a estrutura dos fios, ou o resultado será sempre ruim.

Cabe ao profissional experimentar os diferentes produtos do mercado, compará-los e convencer as clientes, se for o caso, que é muito melhor prevenir que remediar e que os custos de cuidado pós-descoloração podem não compensar o investimento. Além disso, o resultado dos Plex é mais satisfatório no curto prazo: sair do salão depois de uma super descoloração com os cabelos macios e sem pontas finas ou quebradiças é sempre motivo de orgulho para hair stylist e cliente.

- Resta saber se a qualidade do Plex vem do princípio ativo ou dos componentes adicionados ao produto como proteínas, queratinas e sais minerais. Testei 4 marcas diferentes e pude perceber que o dano ao cabelo na descoloração foi bem menor do que eu habitualmente vejo, independente do valor ou suposta qualidade do produto. A diferença foi mínima. Em alguns casos o cabelo ficou até melhor do que antes da descoloração, apesar de que a maioria das linhas afirmam que o produto não é de tratamento e sim de prevenção ao dano.

Algumas marcas lançam junto ao óleo ou sérum protetor um tratamento pós-química, no entanto nenhum deles tem um resultado diferente do que estamos acostumados. Acredito que seja apenas uma oportunidade da marca vender mais produtos atrelados a venda do Plex de fato.

Continuo aconselhando minhas clientes fazerem cauterizações e hidratações para recuperar os fios de uma descoloração como sempre fiz. Espero de verdade que os valores diminuam diante dos bons resultados que todas marcas irão apresentar. Com isso todos ganharão. Loiras mais bem tratadas e fios mais volumosos e saudáveis. Essa é uma revolução na indústria cosmética e acredito que em alguns anos (ou meses?) estará ao alcance de todas mulheres.

Informações de contato