Como os tipos de demanda podem ajudar a entender seu público-alvo

Por DINO 3 de fevereiro de 2021
Como os tipos de demanda podem ajudar a entender seu público-alvo

“Negativa”, “Inexistente”, “Irregular” – você precisa saber o que cada uma delas diz sobre seus futuros clientes

O funcionamento do mercado é movido o tempo todo por ofertas e demandas de produtos e serviços para as necessidades de diferentes consumidores. Como profissional de marketing, é muito importante entender em qual tipo de demanda seu produto ou serviço está inserido.

Isso pode ser crucial na precificação e embasar sua estratégia de divulgação fazendo com que ela atinja, efetivamente, o público-alvo e resulte em consumo.

O que é demanda?

Demanda é o desejo ou necessidade apoiado pela capacidade e intenção de compra. Ela, por sua vez, só ocorre se o consumidor tiver necessidade de algo e possuir condições financeiras para suprir tal vontade. 

Primeiro ponto para compreender as demandas mercadológicas: só há demanda se existir poder de compra. Isso parece óbvio, mas muitas empresas pecam na hora de precificar seu serviço ou produto, justamente porque não buscam saber qual o poder de compra, preferências e necessidades de seu público-alvo.

Tipos de demanda

1.Demanda negativa

Ocorre quando uma parcela significativa do mercado não gosta do produto e até mesmo o evita, porém acaba sendo “inevitável” (ex. vacinas, serviços odontológicos, vasectomias, operações de vesícula;)

2.Demanda inexistente

Ocorre quando consumidores desconhecem ou não estão interessados e são absolutamente indiferentes ao produto/serviço. A maioria dos casos de demanda inexistente ocorre devido à atualização constante do mercado, alguns produtos acabam não sendo mais utilizados e não suprem mais nenhuma necessidade dos consumidores. (Ex: Fita K-7; Disquete)

3.Demanda latente

Ocorre quando muitos consumidores compartilham uma forte necessidade que nenhum produto disponível no mercado é capaz de satisfazer. Geralmente as grandes ideias e inovações surgem a partir da identificação desse tipo de demanda, em que os consumidores possuem um grande desejo por um produto/serviço que ainda não existe, ou existe e não atende todas suas necessidades e expectativas. (Ex: Cigarros que não prejudiquem a saúde)

4.Demanda irregular

Ocorre quando há uma variação na sazonalidade da procura, seja diária, mensal, semestral, anual ou até mesmo horária de um serviço/produto. (Ex: Uma sorveteria tem mais demanda no verão do que no inverno)

5.Demanda em declínio

Ocorre quando os consumidores deixam de consumir gradativamente um produto/serviço. Na maioria dos casos, todas as empresas estão sujeitas, em algum momento, a esse tipo de demanda – e pode ser uma grande oportunidade de identificar melhorias a serem feitas. (Ex: Carros que consomem muito combustível; Número de fiéis de uma igreja)

6.Demanda plena

Ocorre quando há um perfeito equilíbrio entre oferta e demanda de um produto/serviço. Geralmente, esse tipo de demanda acontece quando o produto/serviço torna-se “essencial” na vida do consumidor. (Ex: Telefone; Internet)

7.Demanda excessiva

Ocorre quando há um excesso de procura por um produto/serviço e a empresa não consegue atender todo o volume de consumidores. (Ex: Jogos de finais de campeonatos; Edições limitadas de um produto)

8.Demanda indesejada

É toda a procura por produto/serviços prejudiciais à saúde, sociedade ou meio-ambiente. Este tipo de demanda é regulada pelo governo com campanhas e ações de marketing que visam desestimular o consumo. (Ex: Bebidas alcoólicas; Cigarros; Armas de fogo)

dino divulgador de notícias

Como profissional de marketing

Como um profissional da área do Marketing, entender as demandas do mercado é essencial para construir estratégias que impactam de forma eficaz seu público-alvo.

Por exemplo: uma loja que vende roupas e artigos para prática de “Ski” (esporte praticado na neve) resolve abrir uma franquia no Brasil. O profissional de marketing deve identificar que há uma demanda inexistente neste país para esse produto, pois não neva no Brasil e tampouco é praticado esse esporte.

Tendo em vista a necessidade da marca de expandir suas vendas para outros países, como o Brasil, deve-se utilizar de estratégias que divulguem e estimulem o consumo deste produto para esferas sociais que tenham o poder de compra para viajar para países em que esta prática é possível e comum, como o Chile por exemplo e logo, buscar parcerias com agências de turismo. Neste momento, o tipo de demanda influenciou diretamente na definição do público-alvo.

Como profissional de relações públicas

O marketing também está inserido e se correlaciona com a área de RP. Para o assessor de imprensa por exemplo, também é importante identificar o tipo de demanda do produto/serviço que será trabalhado a imagem e divulgação.

Por exemplo: um evento musical regional, que está em sua 3ª edição, identifica que o número de visitantes em relação às outras edições foi menor e deseja expandir ou no mínimo manter, o número de consumidores que vão ao evento na 4ª edição. Para isso, a empresa responsável pelo evento resolve contratar um profissional de RP.

Primeiro, deve-se identificar que há uma demanda em declínio pelo fato de o número de visitantes ao evento diminuir gradativamente conforme suas edições, e sendo um evento regional, pode-se identificar também que não há uma variação grande de público.

Após detectar o tipo de demanda em função da regionalidade, o profissional de RP deve aproximar o público do evento com estratégias de comunicação que reforce a imagem com ações de mídia, novos canais de divulgação, entrevistas com as bandas e convidados do evento,  como se trata de um evento regional pode ser uma grande oportunidade de divulgar em escala nacional e atrair turistas e novos visitantes para a cidade. Novamente, o tipo de demanda influenciou diretamente na definição do público-alvo e como impactá-lo.

Conclusão

Em suma, é fundamental levar em consideração as características de cada demanda para, consequentemente, melhor entender o que – de fato – irá suprir as necessidades e expectativas de seu público-alvo. Este é um trabalho essencial para qualquer empresa ou equipe de marketing que deseja aumentar efetivamente as vendas.

DINO é a Agência de Notícias Corporativas que aproxima marcas de seus objetivos de comunicação por meio da publicação de conteúdo noticioso nos maiores portais do Brasil. Clique e saiba como podemos te ajudar.

Empreendedorismo Marketing
NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre comunicação e negócios

O responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais é o DINO Divulgador de Notícias. Estes dados serão utilizados para lhe enviar informativos sobre os nossos serviços, além de utilizarmos para efeitos estatísticos. Para mais informações sobre como utilizaremos os dados, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Ao utilizar este formulário você concorda com a nossa Política. O DINO Divulgador de Notícias pode compartilhar estes dados com outras marcas do Grupo Comunique-se para a mesma finalidade.

Caso deseje se desinscrever, você pode fazê-lo a partir de algum e-mail já recebido (através da função descadastrar) ou nos contatando a partir do e-mail marketing@dino.com.br.

Para exercer os seus direitos de usuário para retificação ou remoção dos dados sensíveis, contate-nos através do e-mail contato@dino.com.br