Checklist de SEO para melhorar o ranqueamento do seu site em WordPress

Por DINO 27 de maio de 2021
Checklist de SEO para melhorar o ranqueamento do seu site em WordPress

Escolher um bom Sistema de Gerenciamento de Conteúdo (CMS) é essencial para atingir resultados positivos com o seu site e evitar dores de cabeça.

Não é à toa que o WordPress se destaca como o CMS mais popular, com 64% de participação de mercado. Além de gratuito, ele é flexível e disponibiliza funcionalidades práticas, o que permite a seus usuários desfrutarem da liberdade de criação.

Aliar um CMS de qualidade com técnicas e ferramentas que otimizam os resultados de SEO é uma ótima receita para ranquear no Google. Considerando isso, montamos uma checklist para te ajudar nessa tarefa.

Checklist de SEO para melhorar o ranqueamento do seu site em WordPress

1. Google Search Console/Bing Webmaster

Ambas são ferramentas que permitem integrar o site com o buscador utilizado pelo usuário. Através delas é possível analisar relatórios voltados ao tráfego e sua origem, apontando, por exemplo, palavras-chave que fazem os visitantes encontrarem o seu site.

As funcionalidades permitem que o administrador corrija problemas internos de SEO, segurança, programação e problemas externos, como a indexação das páginas nos mecanismos de pesquisa.

2. Google Analytics

Não há forma melhor de direcionar os conteúdos do site do que conhecendo o seu público. 

O Google Analytics permite ter acesso a informações relevantes sobre os visitantes do site, tornando-o uma ferramenta indispensável para a estratégia de SEO.

3. Arquivo Robots.txt

Sites que estão ativos há muito tempo costumam colecionar uma enorme quantidade de posts. Alguns deles podem não ser interessantes para a indexação nos buscadores. 

Esse arquivo, instalado na raiz do site, faz com que seja possível informar ao buscador quais páginas não queremos que sejam apresentadas nos resultados de pesquisa.

4. Plugin de SEO

Com o WordPress é possível instalar inúmeros Plugins que te ajudarão de forma automática a alcançar melhores resultados nos objetivos que você tenha para seu site. 

A escolha deles é pessoal e dependerá de suas necessidades. Considerando que ter um bom desempenho em SEO é essencial para todos os sites, um plugin de SEO é indispensável.

O Yoast SEO será seu aliado na otimização dos conteúdos para os buscadores. Esse plugin realiza uma revisão instantânea do que você pretende publicar, indicando quais são os pontos a serem melhorados. Por exemplo, o plugin é capaz de analisar se os seus títulos, intertítulos, URLs e meta description estão alinhados com a palavra-chave escolhida.

5. Palavras-Chave

Antigamente as palavras-chave tinham um peso maior no ranqueamento. Com o desenvolvimento dos critérios de SEO elas ficaram em segundo plano, entretanto, não perderam totalmente o valor.

Com o número exorbitante de pesquisas realizadas diariamente, palavras-chave bem escolhidas ainda fazem diferença na hora de alcançar usuários.

Por isso é importante estudar e entender as variáveis que envolvem o assunto. Algumas dicas podem te ajudar:

• Utilize uma ferramenta para pesquisa de palavras-chave ideais;

• Mensure a dificuldade de ranquear com a palavra-chave escolhida;

• Cheque se o seu público-alvo costuma utilizá-las;

• Distribua de forma consciente ao longo de seu conteúdo.

 
dino divulgador de notícias

6. Site mobile-friendly

Pesquisas apontam que 99% dos brasileiros conectados usam celular e 58% deles utilizam exclusivamente o aparelho para acessar a internet. Com esses dados fica nítida a importância de ter um site direcionado para os dispositivos móveis.

Um site mobile friendly atende perfeitamente às necessidades dos visitantes que o acessam pelo celular. Com essa otimização, além de aumentar as taxas de conversão também impactará no ranqueamento do site, uma vez que esse é um dos critérios do Google.

7. Velocidade do Site

O Google já deixou claro que o tempo de carregamento da página é um fator importante ao decidir a ordem de exibição dos resultados de busca.

Um site que demora a carregar passa uma primeira impressão péssima para o visitante que esperava solucionar seu problema de forma rápida. Por isso, apostar em um bom serviço de hospedagem é o principal fator a se levar em consideração quando consideramos o quesito velocidade. Por isso, dedique um tempo para pesquisar e chegar na melhor opção.

8. SEO On-Page

O SEO ON-page diz respeito às otimizações que podem ser feitas dentro de uma página para ter um melhor desempenho de SEO.

Existem muitos fatores a serem levados em consideração, listamos alguns:

• Estrutura dos posts: é importante que o site siga uma estrutura padrão que, além de facilitar a produção de conteúdo, os buscadores encontram com maior facilidade as informações procuradas pelos usuários.

• Title tags: é o título da página, exibido nos resultados de busca, na aba do navegador e em posts compartilhados. O ideal é que seja objetivo e não ultrapasse 70 caracteres.

• Meta description: trata da descrição da página que aparecerá abaixo do título nos buscadores. É o momento de despertar a curiosidade do leitor, por isso, é importante que seja bem pensada.

• URL: a padronização de URL’s é uma ótima prática para o ranqueamento. Isso porque o buscador também a utiliza como forma de identificar e categorizar os conteúdos.

• Imagens: otimizar as imagens das páginas dá um gás no alcance, tornando possível encontrar as postagens também através delas.

9. Linkbuilding

Com uma boa estratégia de linkbuilding é possível guiar os visitantes do site para páginas que conversem com o tema do conteúdo consumido.

Esse direcionamento pode ser feito internamente – entre páginas de um mesmo site –, ou externamente a partir de parcerias com sites que se relacionam ao seu.

Quanto maior e melhor desenvolvida, essa estratégia transmite autoridade para o Google, o que te fará ranquear melhor nas pesquisas dos usuários.

10. Auditoria de Conteúdo

Revisar os conteúdos disponíveis em seu site de forma periódica, além de elevar a qualidade do seu site, também ajuda no SEO.

Páginas com imagens quebradas, links inválidos, dentre outros problemas, podem afetar o desempenho do seu site como um todo.

Por isso, é importante aplicar todas essas dicas não somente nos conteúdos futuros, mas também nos antigos para garantir que todo o seu site tenha um padrão de qualidade para desempenhar bem no SEO.

Conclusão

Escolher um bom CMS será meio caminho andado para atingir seus objetivos de maneira mais fácil e rápida. A outra metade está em utilizar as técnicas listadas de SEO, consideradas indispensáveis para um bom ranqueamento. Confira quais são os 5 elementos mais importantes do texto para SEO.

Conteúdo Empreendedorismo Marketing SEO
NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre comunicação e negócios

O responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais é o DINO Divulgador de Notícias. Estes dados serão utilizados para lhe enviar informativos sobre os nossos serviços, além de utilizarmos para efeitos estatísticos. Para mais informações sobre como utilizaremos os dados, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Ao utilizar este formulário você concorda com a nossa Política. O DINO Divulgador de Notícias pode compartilhar estes dados com outras marcas do Grupo Comunique-se para a mesma finalidade.

Caso deseje se desinscrever, você pode fazê-lo a partir de algum e-mail já recebido (através da função descadastrar) ou nos contatando a partir do e-mail marketing@dino.com.br.

Para exercer os seus direitos de usuário para retificação ou remoção dos dados sensíveis, contate-nos através do e-mail contato@dino.com.br