A importância da cultura do feedback para o sucesso da empresa

Por Renan Costa 26 de agosto de 2021
A importância da cultura do feedback para o sucesso da empresa

Muitas empresas dedicam grande parte dos seus investimentos em estratégias de marketing, marketing digital, SEO e outros processos que podem impulsionar o sucesso. Mas, às vezes, algo essencial não é incorporado às práticas da empresa: o feedback. Esse procedimento pode facilitar e muito as relações entre líderes, liderados e clientes, pois tem a capacidade de tornar a relação mais humana e menos burocratizada.

Desse modo, a cultura do feedback permite que o cliente, por exemplo, se sinta mais à vontade para compartilhar suas experiências e apontar os pontos positivos e negativos. É essencial para quem recebe o feedback que o interprete de maneira receptiva, seja quando essa devolutiva for positiva, seja quando for negativa. Há de se pensar também que aquele que propõe o feedback deve saber fazê-lo de maneira construtiva, sempre tentando melhorar o desempenho dos envolvidos.

Como dar um feedback assertivo para colaboradores da empresa

Dentro da própria empresa o feedback é importante, pois tem o poder de tornar situações difíceis mais maleáveis e resolutivas. Por exemplo: quando um colaborador está com dificuldade em exercer certa atividade ou alguma situação deixou um dos membros envolvidos desconfortáveis, uma conversa aberta pode ser a saída para o bem-estar de todos: “a maneira com a qual você lidou com o problema deixou o cliente/colega desconfortável. Acho que há outras maneiras de lidar com a situação de maneira mais gentil e assertiva”.  

O exemplo de diálogo acima leva em consideração: o contexto do ocorrido, o comportamento dos envolvidos, o impacto que isso gera no ambiente e a expectativa de melhoria das atitudes em determinadas situações. Afinal de contas, seres humanos são suscetíveis a falhas e o diálogo pode ser a melhor maneira de solução.

Como obter feedbacks de clientes

Em relação ao cliente, existem diversas maneiras de aplicar o feedback. No DINO, algumas delas são:

• Conteúdos informativos e de engajamento, onde o cliente pode reagir/avaliar a relevância do conteúdo;

• Newsletters com as atualizações mensais, estimulando o engajamento e deixando o cliente por dentro das novidades;

• CSAT (Customer Satisfaction Score): a cada interação com o cliente via chat, ele recebe uma pesquisa para avaliar o atendimento e se a sua dúvida foi resolvida;

• NPS: onde ele avalia o DINO como um todo, considerando se indicaria ou não para um colega ou empresa.

O NPS (Net Promoter Score) é uma das medidas mais conhecidas e utilizadas para medir o nível de satisfação dos clientes. Ele funciona como uma régua que pode ser aplicada para qualquer serviço ou produto da empresa. De acordo com o score apontado, a liderança pode propor melhorias ou manter o que está sendo bem desempenhado. Também, de acordo com a nota aplicada pelo cliente, pode-se intuir se esse cliente recomendaria os serviços para terceiros, se ele se continuará como cliente, mas não recomendaria ou se ele pode não recomendar a empresa, apontando aspectos negativos para que terceiros não façam contato.

De acordo com Ruthe Alves, assistente do setor de Sucesso do Cliente do DINO: “O feedback é uma maneira de alinhar expectativas e de desenvolvimento. É por meio desta ferramenta que posso externar o meu ponto de vista e como me sinto a respeito de determinada situação. É preciso desmistificar que o feedback é sempre algo negativo, o que não o impede de às vezes ser, mas os impactos que ele traz sempre são positivos no final das contas”.

dino divulgador de notícias

O que fazer com o feedback recebido?

Para quem quer tornar as relações menos mecanizadas, é importante que seja incorporada uma política mais aberta dentro do ambiente de trabalho. “É uma troca entre os lados, seja entre empresa e cliente ou em uma convivência pessoal do dia a dia. Cabe a quem recebe compreendê-lo e tomar ações sobre os pontos apresentados, seja um diálogo para alinhar as expectativas de ambas as partes ou a melhoraria em um processo. Mas, acima de tudo, aceitá-lo como algo promissor”, finaliza Ruthe.

Conclusão

Embora algumas empresas se mostrem resistentes às avaliações como ferramenta de melhoria, grandes nomes do mercado internacional já incorporaram a cultura do feedback há tempos, como a Netflix, American Express, Amazon, Apple, Jet Blue, entre outros.

Saber lidar com as críticas pode ser difícil em um primeiro momento, mas somente a partir do olhar do outro que podemos melhorar nossa conduta para que as relações de atendimento e convivência sejam sempre aprimoradas.

 

Empreendedorismo
NEWSLETTER

Inscreva-se em nossa newsletter e receba os melhores conteúdos sobre comunicação e negócios

O responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais é o DINO Divulgador de Notícias. Estes dados serão utilizados para lhe enviar informativos sobre os nossos serviços, além de utilizarmos para efeitos estatísticos. Para mais informações sobre como utilizaremos os dados, por favor consulte a nossa Política de Privacidade.

Ao utilizar este formulário você concorda com a nossa Política. O DINO Divulgador de Notícias pode compartilhar estes dados com outras marcas do Grupo Comunique-se para a mesma finalidade.

Caso deseje se desinscrever, você pode fazê-lo a partir de algum e-mail já recebido (através da função descadastrar) ou nos contatando a partir do e-mail [email protected]

Para exercer os seus direitos de usuário para retificação ou remoção dos dados sensíveis, contate-nos através do e-mail [email protected]