x

Segundo SEADE, São Paulo atinge o maior número de casamentos

De acordo com o Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE), mais de 280 mil pessoas se casaram no civil no ano de 2013 no Estado de São Paulo.

São Paulo - SP (DINO) 11/18/2016
O SEADE (Sistema Estadual de Análise de Dados) realizou uma pesquisa com resultados animadores para o setor nupcial, apesar da crise, mais de 280 mil pessoas se casaram no civil no ano de 2013 no Estado de São Paulo. Essa grande quantidade de casamentos representou o maior número de matrimônios nos últimos 30 anos, foram cerca de 768 novas uniões por dia.

A pesquisa feita pelo SEADE também revelou que o sexo feminino começa a fazer planos para o casamento três anos antes do que o sexo masculino. Apesar dessa diferença de tempo, a pesquisa do SEADE apontou que em 25% dos casamentos os homens são mais novos do que as mulheres. Isso revela que apesar do sexo feminino ser o primeiro a fazer planos para o matrimônio, em alguns casos, homens mais jovens do que suas noivas realizam o pedido de casamento.

Casamento entre jovens volta a se popularizar

Há pouco tempo atrás os casamentos eram eventos procurados na maioria das vezes por casais maduros, mas atualmente esse cenário sofreu uma mudança. O casamento entre jovens voltou a se popularizar, e esse fato ficou bem evidente na última feira especializada do setor, que ocorreu em São Paulo e outros estados. A famosa feira de noivas recebeu centenas de jovens casais com planos de casamento.

E não faltam evidências de que o casamento entre os jovens voltou a ficar na moda, segundo uma pesquisa realizada com 30 mil pessoas de 60 países, a celebração do matrimônio está nos planos de 19% da geração Z (jovens que têm entre 15 e 20 anos) e de 17% da geração Y (pessoas que tem entre 21 a 34 anos).

Todos esses dados apontam que a atual fase econômica do país não está atrapalhando os planos de quem pretende se casar. As pesquisas revelaram que a tendência é que as cerimônias de casamento continuem acontecendo e movimentando ainda mais o mercado de casamento.

Em tempos de redução de gastos os casais adaptam as cerimônias, mas não deixam de realizar o casamento. Os mini weddings em hotéis, por exemplo, tem conquistado um grande espaço no mercado e acaba sendo a opção final de muitos noivos. Segundo uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Empresas e Eventos (ABEOC), em 2015, o mercado de casamento em hotéis movimentou R$ 17 bilhões.

Somente em 2015, a procura pela modalidade cresceu 30% em comparação com o ano anterior. Uma cerimônia reservada para 60 ou 80 convidados custa aproximadamente entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, valores bastante atrativos se comparado com os de alguns anos, quando os preços chegavam a R$ 60 mil.

Os veículos de comunicação são grandes influenciadores quando o assunto é reduzir custos e adaptar a cerimônia. Revistas, e-commerces, blogs e sites colaboram bastante com o planejamento independente e a organização de cerimônias de casamento. Através desses meios de comunicação os casais conseguem se guiar até o grande dia independente da economia do país. Esse é o trabalho que lojas online como o Planeta das Noivas , que também possui um blog, realizam. O objetivo dessas mídias é conduzir e preparar os noivos de maneira autônoma rumo à concretização do casamento.

Influências assim são fatores que fazem de São Paulo a cidade com maior número de casamentos, incluindo de jovens casais, que voltaram a colocar em seus planos o sonho do casamento tradicional.
Informações de contato