Segundo Abrafesta, setor de eventos movimentou R$ 16,8 bilhões

São Paulo - SP (DINO) 11/18/2016

A Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta), levantou informações de que no ano de 2014 o setor movimentou R$ 16,8 bilhões entre festas de casamentos e festas de debutantes. O IBGE - (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), também revelou que foram realizados cerca de oito mil casamentos apenas na cidade de Campinas, interior de São Paulo.

As festas de casamento no Brasil chegam a custar em média R$ 40 mil, para 80 a 120 convidados. O valor inclui o preço dos principais serviços e despesas contratados para a cerimônia e festa de casamento, como aluguel do salão de festas, vestido da noiva, terno do noivo, igreja, decoração, buffet e também incluso o valor cobrado por profissionais de vídeo e fotografia.

A pesquisa também aponta que 50% dos casais, gastaram mais do que o valor previsto inicialmente, foram cerca de R$ 40 mil reais, em média. Isso ocorre porque os noivos possuem o hábito de realizar escolhas que não são necessariamente as mais econômicas, mas que atendem aos desejos do casal, principalmente na hora de contratar profissionais especializados, como fotógrafos e DJs. No entanto, as preferências do casal na hora de contratar esses serviços acima do custo previsto, pode representar um grande impacto no orçamento final.

Ter um planejamento é fundamental para organizar o orçamento e o quanto poderá ser gasto em cada fase do casamento. Pesquisar e comparar os preços dos prestadores de serviços também é essencial para não estourar os valores estipulados. Blogs e sites especializados no setor são ferramentas úteis neste sentido. Através desses canais, noivos e noivas tem acesso a uma infinidade de dicas para preparar o enlace de maneira organizada e realista.

Mídias online, como o blog e e-commerce Planeta das Noivas , disponibilizam conteúdos gratuitos que ajudam os noivos a escolherem os trajes, decorações, buffets e também contribuem com inspirações que mostram diferentes estilos de cerimônias, penteados, acessórios para noivas, vestidos e até os melhores estilos de buquês.

O conteúdo disponível nesses sites são ainda mais úteis quando os noivos precisam economizar, já que o custo de um dos acessórios mais tradicionais da festa, o buquê, feitos com flores naturais, que são os mais usados, custam em média R$ 200. Os buquês mais modernos, feitos com pérolas e broches podem custar mais de R$ 1 mil. Um par de alianças simples, banhadas a ouro, custam a partir de R$ 100. Agora se os anéis forem cravejados de diamantes, o preço pode passar dos R$ 300 mil. Na mesa do bolo, o cento dos docinhos tradicionais encomendados numa doceria, como brigadeiro e beijinho, pode custar em torno de R$ 100. Já bombons personalizados podem chegar a custar R$ 500 o cento. O bolo, só para o enfeite, custa até R$ 400.

O casamento alcançou números de escala industrial e virou um negócio lucrativo. Ainda segundo a Abrafesta, no País existem mais de 8.500 empresas de buffets, organização de festas e decoração. O mercado casamenteiro não sofreu com a crise e continua sendo um setor em expansão, graças aos apaixonados!



Website:

Informações de contato