x

Academias “em forma” com a limpeza: Abralimp dá dicas de como manter o ambiente fitness limpo e confortável

A limpeza de academias ajuda a evitar riscos à saúde

Brasil (DINO) 31/08/2016

Uma academia limpa e bem cuidada é uma das principais preocupações dos clientes

Com cerca de 1,6 mil novas academias abertas por ano, oferecer um ambiente limpo e saudável passa a ser um diferencial competitivo e uma garantia de saúde para os frequentadores. “Uma academia limpa e bem cuidada é uma das principais preocupações dos clientes, pois a circulação de pessoas nos aparelhos, o suor e a umidade constantes contribuem para a proliferação de bactérias e outros agentes indesejados”, explica Sandro Haim, presidente da Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp) .

O processo de limpeza nestes ambientes faz parte dos controles da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) que realiza regularmente fiscalizações sobre as condições de higiene nos espaços que possuem cadastro de funcionamento. Nestas vistorias, os técnicos avaliam a estrutura física do local, as condições dos equipamentos disponíveis e a higiene do ambiente e dos equipamentos. Diante deste cenário, a Abralimp traz algumas dicas sobre o uso de produtos, máquinas e procedimentos de limpeza para manter o ambiente de uso coletivo mais limpo e saudável.

- Para garantir uma limpeza eficiente, recomenda-se a elaboração de um cronograma para que a equipe de limpeza consiga se organizar, pois alguns ambientes e equipamentos, como esteiras, bicicletas e colchonetes precisam ser higienizados com mais frequência.

- É preciso ter atenção em determinados tipos de procedimentos que auxiliem na conservação dos materiais. Para desinfetar os aparelhos de uso coletivo e, assim, evitar a contaminação pelo suor, por exemplo, é recomendada a utilização de desinfetantes neutros. Dessa forma, a superfície dos equipamentos não será danificada.

- As salas de ginástica e dança devem ser limpas em todos os intervalos. Os vestiários e banheiros também devem ser higienizados constantemente com alguns produtos específicos como detergentes e desinfetantes neutros.

- Já para a remoção de sujeiras solúveis em água, a utilização do mop úmido é recomendada para o piso. Nos ambientes onde há grande circulação de pessoas, são indicadas as lavadoras automáticas, pois além do chão úmido dificultar a manutenção da limpeza, o cheiro de certos produtos também podem ocasionar irritação aos alérgicos.

- Em toda a academia devem ser disponibilizados papéis-toalha descartáveis com álcool, caso o aluno queira fazer a própria limpeza dos equipamentos.

- As redes também deveriam investir na contratação de empresas especializadas em serviços de limpeza, que oferecem equipe treinada e capacitada. Lembrando que é necessário realizar treinamentos constantes para garantir que os procedimentos sejam eficazes na desinfecção e limpeza de todo ambiente.

A Abralimp disponibiliza todas as informações sobre a limpeza profissional no Manual de Processos: Gerenciamento de Limpeza e Higiene em Ambientes Internos e Externos, que pode ser visualizado gratuitamente pelo portal www.abralimp.org.br. A associação também realiza cursos de capacitação de limpeza para equipes e lideranças por meio da UniAbralimp. A grade e as inscrições estão disponíveis no www.uniabralimp.com.br.
Informações de contato

Marina Batista

Email

(11) 5090-3019